Partições GPT – O que é, como utilizar e como remover

Partiçionamento de HD

No começo dos anos 80 os Hard Disks começaram a utilizar o formato MBR de particionamento, e isto é utilizado até hoje. Com a evolução do HD, em seu tamanho, velocidade e principalmente na capacidade de armazenamento, o gargalo foi se estreitando e chegamos ao limite de 2 TB, ou seja 2,199×10^12 bytes.

Isto porque o MBR trabalha em 32 bits com os discos de 512-bytes por setor só era possível armazenar este valor 2³² x 512 bytes. Então veio a Intel e desenvolveu o GPT que por sua vez trabalha com alocação de 64 bits, aumentando a possibilidade para 8 ZB (ZETTABYTE).

Apenas por curiosidade :

1024 bytes = 1 mega byte (MB)

1024 megabytes = 1 gigabyte (GB)

1024 gigabytes = 1 terabyte (TB)

1024 terabytes = 1 petabyte (PB)

1024 petabytes = 1 exabyte (EB)

1024 exabyte = 1 zettabyte (ZB)

1024 zettabyte = 1 yottabyte (YB)

1024 yottabyte = 1 brontobyte

1024 brontobytes = 1 geopbyte

São MUITOS bytes…

Trabalhando com o GPT

Os computadores e notebooks mais recentes (a grosso modo, desde 2011) possuem este suporte na BIOS. Na verdade, na teoria todos os computadores com arquitetura 64 bits o aceitam. Além da memória RAM poder ser superior aos antigos 4 GB (depois de endereçados caem para 3,25 GB) o seu HD pode ser maior que 2 TB.

Ao instalar o Windows ou Linux, o gerenciador de pacotes já fará o trabalho sujo para você e criará sua partição em conjunto com o firmware UEFI na BIOS.

Mas na prática muitos estão fazendo o downgrade de seu Windows 8 para o 7, e não conseguem utilizar a partição em GPT, ou mesmo não conseguem efetuar cópias de segurança com programas de terceiros.

Removendo a partição GPT

É muito simples, você deve carregar seu sistema com um disco de boot do Windows 7 (por exemplo) e chegar na tela de prompt de comando, ou colocar o seu HD em modo secundário em um computador com o Windows 7 instalado e entrar no prompt de comando (como administrador) (EDITADO: Para entrar no prompt de comando no Windows 7, clique no botão INICIAR, TODOS OS PROGRAMAS, ACESSÓRIOS, então clique com o botão direito do mouse e escolha a opção, agora com o esquerdo, EXECUTAR COMO ADMINISTRADOR).

LEIA  Printscreen no Windows 10: 5 maneiras mais simples

Agora digite :

DISKPART (enter)

LIST DISK (enter) – Será mostrado uma lista dos discos, veja qual é o que você quer excluir. Será mostrado GPT do lado direito

diskpart GPT

diskpart GPT

SELECT DISK 3 (enter) – Neste caso era o disco 3

(NÂO FAÇA ISTO SE NÃO TIVER UM BACKUP)

CLEAN (enter) – Apaga toda a tabela do disco

EXIT (enter) – Sai do aplicativo

Reinicie o computador e ele estará pronto para ser trabalhado com o MBR normalmente.

Mais sobre o GPT em http://pt.wikipedia.org/wiki/Tabela_de_Parti%C3%A7%C3%A3o_GUID

50 comentários em “Partições GPT – O que é, como utilizar e como remover

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.