O fim da gratuidade do IG mail

Ig - Fim do e-mail gratis

Recentemente a empresa IG resolveu cancelar seu serviço de e-mail gratuito, o IG Mail. A data prevista para este cancelamento era dia 20/03/2016.

Importante lembrar que quando o IG surgiu, foi em um cenário bem diferente do que é a Internet hoje no Brasil. Quando assinávamos um plano de Acesso à Internet (discada) que pagávamos (e muito) por este acesso, veio a empresa IG (Internet Grátis) com seu famoso “Discador IG” para que conectássemos gratuitamente na Internet.

Com o passar do tempo, o surgimento da Banda Larga (praticamente os mesmos planos de hoje, só que mais lentos) levou a um outro cenário: A necessidade do uso de um Provedor de Serviços para utilizar a Internet.

Era assim: Você contratava um serviço da NET ou Telefônica e pagava um adicional por uma assinatura de um Provedor de Serviços. O IG prontamente adaptou-se para se tornar um Provedor gratuito para as pessoas, depois de acontecerem diversas brigas judiciais das pessoas que entendiam que era um absurdo você ter que pagar para ter este Provedor.

Juntamente com isto foi criado o IG mail, um serviço gratuito de e-mail (para fugir mais uma vez dos provedores pagos), uma vez que não eram tão difundidos os serviços de gmail ou hotmail.

Mas agora, o IG suspendeu este serviço gratuito, passando a cobrar R$ 39,90 anualmente por este serviço, migrando para o IG mail premium.

Aqui não cabe a mim falar se é certo, errado, legal ou ilegal, fato é que o contrato de prestação de serviços do IG mail diz em sua cláusula 3.2:

3. PRAZO E EXTINÇÃO DO CONTRATO:

3.1.O presente Contrato tem prazo de vigência indeterminado, podendo ser resilido pelo USUÁRIO, desde que comunique o IG por e-mail ou por qualquer outra forma inequívoca de notificação, com 30 (trinta) dias de antecedência, devendo estar em dia com os pagamentos mensais devidos a título de serviços eventualmente contratado(s) junto ao IG.

3.2. O IG poderá resilir o presente Contrato a qualquer tempo notificando o usuário previamente com 30 (trinta) dias de antecedência, sem que disso, por si só, decorra, para o IG ônus ou obrigação de indenização, compensação, ressarcimento ou pagamento em favor do USUÁRIO, seja a que título for.

3.3.O IG também poderá resolver o presente Contrato a qualquer momento e independentemente de qualquer comunicação, se houver inadimplemento contratual do USUÁRIO e/ou violação, pelo USUÁRIO, das normas jurídicas vigentes, caso em que não ficam afastadas a apuração de eventuais perdas e danos causados ao IG e a aplicação de penalidades contratuais e legais previstas.

E está bem claro, que a empresa poderá cancelar seus serviço, desde que avisando com 30 dias de antecedência…

É óbvio que quando utilizamos um serviço gratuito por muitos anos (este do IG deve ter uns 15 ou 20 anos), uma coisa que já está embutida em nosso pensamento é que isto sempre continuará gratuito.

Em uma pequena busca que fiz, já encontrei diversas reclamações em sites especializados sobre isto, pessoas alegando que já utilizam o serviço há mais de 15 anos e agora terão problemas com a migração.

O meio jurídico para mim é pouco claro, podem haver diversas discordâncias sobre o assunto como por exemplo o Direito adquirido do usuário.

Fato é que nos próximos dias saberemos o caminho que isto irá tomar, se a empresa manterá esta decisão de cobrar pelo acesso ou não

Um abraço a todos e Vamos de Gmail !

8 comentários em “O fim da gratuidade do IG mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *