Trabalhando com pdf – Dividir ou juntar arquivos

Introdução

O formato de arquivos PDF tornou-se muito utilizado para documentos de todos os tipos. Através dos arquivos PDF, enviamos contratos, petições, orçamentos, enfim, tudo que é para ser enviado para uma pessoa sem que esta pessoa tenha a necessidade de alterar seu conteúdo.

Recentemente, com a difusão dos Certificados Digitais no Brasil, muitos órgãos e profissionais tem a necessidade de enviar documentos e arquivos através deste formato PDF, só que muitos locais que recebem estes arquivos não suportam arquivos superiores a 1 ou 2 MB, então temos um problema.

Alguns arquivos PDF são grandes, em especial aqueles que foram digitalizados, podendo uma página com alta qualidade passar facilmente a barreira dos 2 MB.

Aqui está uma solução definitiva.

Mãos a obra

Apresento um software que “trabalha” arquivos PDF, uma espécie de editor. Com ele é possível juntar arquivos PDF com muita facilidade. No texto abaixo teremos as instruções de instalação e utilização.

Da mesma forma, é possível dividir arquivos PDF por tamanho, por páginas, entre outras opções.

Este programa chama-se PDF Split e abaixo está o link para a página de download. Na página, selecione a versão correta do seu Windows.

Download PDF Split Merge

Abaixo as telas de instalação. Como a instalação é basicamente avançar, avançar, avançar e finalizar, coloquei todas em um slide para o artigo não ficar muito grande.

Após a finalização da instalação, vou mostrar como trabalhar com arquivos.

Neste exemplo tenho um arquivo PDF com 1.122 KB, o qual dividiremos.

PDF Split and Merge – Tela inicial

Criei um arquivo PDF em uma pasta chamada TESTE na Área de trabalho de meu computador.

PDF – Selecionando o arquivo a ser dividido

Clicar em DIVIDIR (do lado esquerdo), depois ADICIONAR (botão do lado direito)

PDF – Selecionar o arquivo

Localize a pasta e depois o arquivo a ser trabalhado (no caso, dividido)

PDF – Escolha a forma de divisão

Aqui foi selecionada a forma de divisão, note que foi “DIVIDIR NESTE TAMANHO” e depois na caixa ao lado, “500 KB”.

Esta divisão não é exata, o arquivo pode variar um pouco para mais ou menos.

Em casos especiais como peticionamento eletrônico, o tamanho máximo recomendado é 1 MB.

Nesta divisão, o conteúdo do arquivo continua igual, inclusive com sua marcação de página.

Sendo assim, este arquivo usado no teste possui 6 páginas e tem a numeração das páginas no rodapé. Cada arquivo criado MANTERÁ esta paginação, ou seja, por exemplo, o último arquivo possuirá 2 páginas, numeradas como páginas 5 e 6.

Clique em EXECUTAR (botão do lado direito e abaixo) para fazer a divisão.

PDF – Selecionar diretório e arquivo de destino

Agora escolhemos a pasta de destino como MESMO QUE ORIGINAL, assim os arquivos ficarão mantidos no mesmo local do arquivo de origem.

Abaixo nas opções de saída, o “Prefixo para os arquivos de saída” é o nome base do arquivo. Exemplo se colocarmos o nome ARQUIVO ele criará os arquivos 1_ARQUIVO_NOMEDEORIGEM.pdf, 2_ARQUIVO_NOMEDEORIGEM.pdf e assim por diante.

Este nome não é muito importante, uma vez que podemos alterar manualmente depois.

PDF – Resultado final

Vejam como ficou a pasta TESTE criada para isto, com o arquivo ORIGINAL intacto e os outros arquivos com a numeração na frente, o prefixo, depois o nome do arquivo original.

Conclusão

Neste artigo trabalhamos com o programa PDF Split and Merge para fazer uma divisão em um arquivo PDF, mas poderíamos também fazer a junção de mais arquivos. Para a função de unir/mesclar arquivos no lado esquerdo selecionamos o Mesclar e o processo é bem parecido.

O formato de arquivos PDF é muito utilizado há algum tempo e provavelmente continuará por anos no mercado, então é muito bom ter este software e saber trabalhar com este formato.

Caso tenham alguma dúvida, deixe um recado abaixo.

Espero que tenham gostado.

Outros artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *