Firefox 52 não executa Java, Silverlight (NPAPI)

Alguns meses atrás, o navegador Chrome parou de executar os plugins NPAPI e causou uma grande revolução em relação aos plugins muito utilizados principalmente para segurança de alguns sites.

Alguns bancos utilizam o Java para autenticar seu cliente de forma segura, ou mesmo serviços brasileiros relacionados a instituições governamentais fazem isto da mesma forma. Mas os plugins NPAPI são de tecnologia muito antigas, e tem muitas vulnerabilidades, o que torna sua conexão não tão segura assim.

Com o lançamento do Firefox 52 (março/2017) ele segue a linha do Chrome e põe um fim nos plugins NPAPI como  Java, Acrobat, Silverlight, entre outros. (o Flash Player ficou fora desta lista)

Está claro o rumo que os navegadores estão tomando, e é importantíssimo que as instituições que ainda utilizam estes plugins NPAPI estejam atentas ao mercado para buscar novas alternativas, inclusive mais seguras para nós, usuários dos sites deles.

Já é um absurdo a quantidade de plugins de segurança que temos que instalar para poder acessar nossa conta no banco, além de tokens e outros tipos de autenticação, e ainda estarmos utilizando tecnologia obsoleta em relação a segurança.

Outras mudanças significativas no Firefox 52 são:

  • Avisos de página não segura para as páginas que não utilizam protocolo https com login
  • Notificação na barra de ferramentas quando um Download falhar
  • Aumento de 3 para 5 na visualização dos últimos Downloads
  • Botões maiores para cancelar e reiniciar Downloads
  • Aviso de “Conexão não confiável” quando houver erro nos certificados SHA-1
  • Habilitado o laytout de Grid do CSS3, melhorando a compatibilidade de sites

Download da versão mais recente para seu computador

Basta acessar a página de Download do Firefox que ele identifica seu Sistema Operacional e já fornece o arquivo para a instalação da versão mais recente.

Importante ressaltar que é questão de segurança termos todos os programas atualizados em nosso computador. As novas versões de todos eles trazem novas funcionalidades, mas principalmente corrigem falhas das versões anteriores, e não é preciso dizer o quanto é importante um WebBrowser estar atualizado, pois ele é a principal fonte de entrada de sua Internet.

Alternativas aos serviços

Como disse, o mercado está tomando outro rumo, mas enquanto as empresas não corrigem seus problemas, em muitos casos ficaremos sem acessar os serviços.

Se você entende dos riscos de manter um software desatualizado em seu computador, mas mesmo assim precisa acessar algum site específico que não esteja funcionando com a nova versão do navegador, siga estes passos.

Firefox 41

Para contornar isso, podemos utilizar versões antigas do Firefox. Reforço que isto não é a melhor forma de resolver o problema, mas é o que podemos fazer por momento.

O próprio Tribunal Regional do Trabalho da segunda região (São Paulo) indica em seu site, a melhor forma de configurar seu computador para acessá-lo. E para isto eles sugerem utilizar o Firefox 41.0.2 em seu manual.

E realmente, esta versão foi uma versão bem estável, porém foi lançada em setembro de 2015 !

Mas vamos ao que interessa. Sei que muitos profissionais precisam acessar seus serviços on-line.

Desinstale a versão antiga

Vá em seu Painel de Controle -> Programas e Recursos  (Windows 7) ou Pesquisar -> Programas e Recursos (Windows 10)

Localize os seguintes programas e os DESINSTALE

  • Mozilla Firefox xx (Versão instalada)
  • Mozilla Maintenance Service

Download da versão 41

Agora faça o Download da Versão do Mozilla Firefox 41 relativa ao seu Sistema Operacional

Você pode encontrar o link abaixo

Instalando o Firefox 41

Você deverá escolher a instalação personalizada

Firefox 41 – Instalação personalizada

Avançe no diretório de destino, mas deixe desabilitado a opção Instalar o Serviço de Manutenção.

Firefox – Serviço de manutenção

E conclua a instalação normalmente.

Ajustando as opções

Após a instalação, Abra o Firefox para fazer alguns ajustes.

Vá em Menu -> Opções

Firefox – Opções

Na aba Avançado, deixe desabilitado as opções Usar um serviço para instalar atualizações em segundo plano Mecanismos de pesquisa.

Firefox – Configurações avançadas

No caso de acesso a tribunais e serviços do governo em geral, é necessário desabilitar o bloqueio das janelas popups

Na aba conteúdo, deixe desabilitada a opção Bloquear janelas popup.

Firefox – Popups

Da mesma forma, se você utiliza serviços de tribunais, deverá deixar o Java sempre ativo.

Acesse Menu -> Complementos – > Plugins

Firefox – Plugins

No plugin Java (TM) Platform SE coloque Sempre ativar.

Firefox – Java

Estes últimos passos tornam ainda mais inseguro seu navegador, pois possibilita a execução do Java (sem pedir permissão) e permite que os popups sejam abertos.

Acredito que é importante saber dos riscos, por isso os cito aqui, mas se você navega na Internet com responsabilidade e vai deixar o Firefox para somente estes serviços, não vejo maiores problemas com isso.

Mesmo assim, as empresas deveriam ter maior responsabilidades em relação a usabilidade do site e sua segurança. Hoje em dia, ambas devem andar juntas, mas enquanto isto não acontece, é uma forma de funcionar.

Abraços e até a próxima.

2 comentários em “Firefox 52 não executa Java, Silverlight (NPAPI)

  1. Esse artigo acaba de me salvar!
    Eu uso computadores Mac e não tenho o Internet Explorer (e mesmo se tivesse, seria minha última opção). Nunca consegui fazer o certificado funcionar na Safari, portanto estava sem opções.
    Mas instalei essa versão antiga do Firefox e agora está funcionando novamente.
    Muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *