Corrigir sistema de arquivos inconsistente no Linux

Reparar partições Linux

Os Sistemas Linux de um modo geral são mais estáveis que outros Sistemas Operacionais, mas isto não quer dizer que ele é livre de falhas.

Uma das falhas mais comuns acontece com a inconsistência do seu sistema de arquivos. Normalmente, por ter a partição montada não é possível fazer a correção destes erros nesta situação, pois não é aconselhável fazer correção do sistema de arquivos com ele montado.

Mas podemos utilizar um LiveCD para executar este reparo de forma simples, utilizando o Modo Rescue

Sem mais delongas, utilizaremos uma ISO do Debian para demonstrar como é simples:

Ao iniciar, selecione a Opção Advanced Options no menu principal.

Menu Principal da instalação do Debian

Menu Principal da instalação do Debian

Depois, selecione o Rescue Mode

Advanced options

Advanced options

Selecione sua linguagem de preferência, layout de teclado, nome do computador, domínio, enfim… Praticamente um ENTER em todas as telas, somente para acessar o sistema.

Selecionando a linguagem

Selecionando a linguagem

Nome do computador

Nome do computador

Nome do domínio

Nome do domínio

A tela que devemos ter cuidado é o ponto de montagem do sistema de arquivos raiz, que devemos escolher não usar um sistema de arquivos raiz.

Não usar um sistema de arquivos raiz

Não usar um sistema de arquivos raiz

Após isto, escolhemos Executar um shell no ambiente do instalador.

Executar o shell no ambiente do instalador

Executar o shell no ambiente do instalador

Executando um shell

Executando um shell

Estamos no shell, agora localizando o sistema Raiz para poder recuperar o sistema, digite:

fdisk -l

Você terá uma resposta parecida com esta:

Device           Boot         Type
/dev/sda1       *               Linux
/dev/sda2                        Extend
/dev/sda3                        Linux swap

Neste caso, a partição é a SDA1

/sbin/fsck.ext4 -fp /dev/sda1

Pronto, a partir deste comando você poderá reiniciar seu computador e seu sistema de arquivos estará pronto para ser executado novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *