Como otimizar Windows 7, 8 ou 10 para uso de SSD

Não basta trocar um HD por um SSD, se você fizer todas as configurações você terá um desempenho 100% do que um drive SSD proporciona
Otimizar Windows para uso de SSD
Autor: Marcos Carvalho 23 de janeiro de 2019

Se você chegou até aqui, provavelmente sabe o que significa a sigla SSD e muito provavelmente já trocou seu HD pelo SSD (ou pretende trocar em um futuro próximo)

O Disco SSD é um disco de estado sólido, eletrônico, diferente do HD que tem seus “Discos” eletro-magnéticos, e por isso a velocidade de um SSD pode ser 10x maior que um HD.

Isto em casos normais, se você tiver um HD lento então, nem se fale… A velocidade é muito maior.

Mas ao trocar seu disco por um SSD, é recomendável fazer uma série de ajustes no seu Windows, para que você possa usufruir de toda velocidade disponível no SSD.

Vamos abaixo com as alterações que você pode fazer. Não é necessário fazer todas, nem mesmo tem uma ordem. Estas são todas somatórias em desempenho.

Modo ACHI Sata ligado

Este talvez seja o mais “chato” de fazer. Digo isto, pois muitos computadores que não entram no Windows são simplesmente por estar com esta configuração errada.

Digo errada pelo seguinte: Se você instalou o Windows em modo IDE SATA, ele normalmente não terá os drivers ACHI SATA, ou vice e versa.

Então o que tem que ser feito é entrar no Painel de Controle > Sistema > Gerenciador de dispositivos para verificar se seu ACHI está ativo.

Se estiver, tudo bem, mas se não estiver teria que mudar na BIOS ou UEFI, porém corre o risco de você não conseguir entrar neste Windows que está instalado.

Então só faça isso se você quiser re-instalar o Windows novamente.

Cada menu de BIOS ou UEFI é muito diferente, mas o que você precisa encontrar é a configuração do HD/SSD e habilitar a UEFI.

LEIA  Meu computador está lento, quais as causas e como aumentar a velocidade ? - Parte 2

E claro, sua placa mãe precisa ter suporte a este recurso. Normalmente as placas após 2012, 2013 todas tem este recurso.

Ligue o TRIM

TRIM é um comando para a interface de disco. Ele interfere nos arquivos que foram apagados, gerando mais eficiência no disco.

Em poucas palavras, quando um arquivo é apagado, seria necessário a reescrita de outras informações no espaço ocupado por este arquivo. Com o TRIM habilitado, ele simplesmente marca a área toda como inválida e possibilita a gravação de novas informações sobrescrevendo as antigas.

Na prática você utiliza menos o SSD e ganha velocidade e vida útil.

Na pesquisa do Windows digite cmd que irá aparecei o Prompt de comando , clique como o botão direito do mouse nele e abra “como Administrador”

Digite o comando:

fsutil behavior query disabledeletenotify

Se a resposta for:

DisableDeleteNotify = 0

Seu TRIM está ATIVO e não precisa fazer nada. Se a resposta for 1, precisa ativá-lo com o comando:

fsutil behavior set disabledeletenotify 0

Desligue o Prefetch e o SuperPrefetch

O Prefetch é uma tecnologia que lê e armazena na memória os programas que são mais utilizados por você, com isto acelerando seus carregamentos.

Mas o SSD é mais rápido fazendo esta carga de modo dinâmico, quando necessário, e liberando memória RAM.

Digite na pesquisa regedit que aparecerá o aplicativo na parte superior. Execute-o.

Localizando o Regedit
Localizando o Regedit

Localize a seguinte pasta do lado esquerdo:

HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Control\Session Manager\Memory Management\PrefetchParameters

Dentro pode existir um ou os dois parâmetros: EnablePrefetcher e EnableSuperPrefetcher.

Parâmetros do prefetch
Parâmetros do prefetch

Os valores padrão, se sua instalação do Windows não for feita em um SSD, serão 3, e você deve alterar.

Clique duas vezes no parâmetro, e altere o valor para 0. (zero)

Desabilitar o prefetch
Desabilitar o prefetch

Desligar a indexação de arquivos

A indexação de arquivos é muito útil em HDs, pois como são vários discos magnéticos, o Windows cria um índice para saber em qual local se encontram os arquivos.

LEIA  Como configurar o teclado no Windows 10

Em uma analogia simples, seria um índice para pastas. Onde está a pasta do FULANO?

Ao invés de abrir caixa por caixa, você pega sua tabelinha (índice) e vê: Ah está na caixa 10, sala 2, e pega a pasta mais rápido que se procurasse uma a uma.

Mas o SSD é totalmente eletrônico, com outra tecnologia, e a criação de índices no Windows consome muitos recursos do computador, deixando-o lento durante este processo.

Então é aconselhável desabilitar a indexação para melhorar seu desempenho com um SSD.

Abra o Explorer, aquela pastinha amarela embaixo

Clique com o botão direito no disco C: (que é o SSD) e vá em Propriedades.

Desmarque a opção “Permitir…”

Clique em aplicar e OK

Será solicitada uma permissão para continuar, clique em Sim

Depois aparecerá um aviso que alguns arquivos não poderão ser modificados, clique em Ignorar todos.

O processo irá demorar um pouco, ou bastante, depende da quantidade de arquivos que você tenha.

Desligar o Windows Search

O Windows Search funciona mais ou menos como a Indexação (o ítem anterior). Na verdade em conjunto.

Pela mesma razão também não é necessário utilizar com SSD.

Na barra de comandos, digite services ou serviços que irá encontrar o aplicativo Serviços do Windows. Entre nele.

Na lista que se abrirá, localize o serviço chamado Windows Search. Clique com o botão direito do mouse nele e vá em Propriedades.

Mude o tipo de inicialização para Desativado.

Com isso, o serviço Windows Search estará desativado.

Desabilitar o Desfragmentador automático

O Windows, por padrão, já vem com um agendamento para “desfragmentar” o disco de forma automática de tempos em tempos.

Com o SSD não há necessidade da desfragmentação do disco, pois como explicado anteriormente, a tecnologia é diferente e o acesso aos arquivos não necessitam ser desfragmentados.

LEIA  Download de drivers - Baixar drivers para PC

Abra o Explorer e clique em Este computador, depois selecione o Disco Local C: clique com o botão direito e vá em propriedades.

Abrir o Explorer
Abrir o Explorer

Clique na aba acima Ferramentas depois clique em Otimizar