Tendência da tecnologia vestível: smartwatches

Smartwatch - Tendência da tecnologia vestível

A tecnologia vestível inicialmente adotada pela Pebble, startup que em 2012 fez uma campanha de financiamento coletivo para criar seu primeiro relógio inteligente, agora vira tendência. Grandes nomes do segmento de tecnologia como Apple, Microsoft, Samsung, Motorola e outros desenvolveram recentemente modelos de smartwatches e continuam a criar e aprimorar recursos desses gadgets.

Chamados “inteligentes”, os smartwatches pertencem a uma categoria de relógios que funcionam como uma extensão dos smartphones, usando a conexão Bluetooth ou NFC (Near Field Communication) para sincronizar as informações com os celulares. Esses relógios rodam alguns sistemas operacionais, como versões do Linux, Android e Tizen – o AndroidWear, do Google, é o mais recente sistema voltado a esses dispositivos.

Para configurar os smartwacthes, é necessário que o usuário baixe um aplicativo para o celular, através do qual ele pode baixar outros apps para seu relógio e realizar o gerenciamento de exibição de mensagens e de outras funções. Além de serem capazes de se comunicar com os celulares, oferecem ao usuário a possibilidade de exibir mensagens (desde SMS a notificações de redes sociais) e rodar aplicativos mais simples. A tendência é que os aparelhos vestíveis passem a ganhar cada vez mais autonomia dos smartphones e consigam efetuar funções sem seu apoio.

Alguns modelos, como o bracelete Band, da Microsoft, disponibilizam sensores integrados para o monitoramento das atividades físicas. Essa pulseira, em específico, é capaz de monitorar os passos dados, o momento em que o usuário começou a correr e qual foi a distância percorrida, os batimentos cardíacos e as calorias gastas durante um trajeto. Uma grande vantagem do Microsoft Band sobre a concorrência é a sua compatibilidade com um maior leque de smartphones e diferentes sistemas operacionais, sendo eles: Windows Phone, Android e iOS.

Um dos aparelhos da Samsung, o Gear S, possui entrada para cartão SIM, efetuando chamadas telefônicas próprias. Outros modelos também buscam uma maior independência dos smartphones: o Apple Watch, por exemplo, permite ao usuário atender uma chamada telefônica sem tirar o iPhone do bolso. Além disso, assim como os gadgets com Android, permite a comunicação com contatos, controlar o player de música, emitir comandos de voz, configurar alarmes e o calendário, receber notificações e ver a previsão do tempo.

O período é de desenvolvimento dessa nova categoria de tecnologia vestível, por isso ainda há muitas questões a serem trabalhadas: compatibilidade com smartphones, experiência do uso e utilidades de aplicativos. Alguns dos smartwatches lançados que ainda não chegaram ao Brasil não devem demorar muito para estarem disponíveis aqui também.

Autor convidado : Ramiro Martini, CEO da Cinco TI (http://www.5ti.com.br)

Outros artigos relacionados

Novidades do iPhone 6 e 6 Plus O lançamento mais esperado da Apple no ano de 2014. Segue fotos, alguns detalhes técnicos e uma breve análise do aparelho mais desejado da maça.
Controle Remoto de computadores – Instalando o Te... Você gostaria de, ao estar no seu escritório, controlar o computador da sua casa ? Existem diversos programas que fazem isto, este artigo explica um p...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *